Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Antes santificai a Cristo, como Senhor, nos vossos corações; e estai sempre preparados para responder, com mansidão e temor, a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós. 1 Pedro 3:15


23
Out17

Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?
Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.
Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.

João 3:3-7

nascer.jpg

Vou-me basear na minha experiência pessoal.

 

Para ser salvo, não basta levantar a mão depois de se ouvir uma pregação de um pastor. Ser salvo requer um selo permanente em nós depois de crermos em Jesus e tomarmos consciência do pecado.

 

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa;

Efésios 1:13

 

E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.

João 14:16-17

 

O Espírito Santo habitará no crente definitivamente, e será precisamente o Espírito Santo quem interiormente irá convencer a pessoa do juízo e da necessidade de receber Jesus Cristo como seu salvador. O verdadeiro crente poderá interiormente sentir a sua salvação, e exteriormente vai produzir frutos.

 

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

Salmos 1:1-3

 

Como diz o Salmo 1, o crente vai de forma diária pensar em Deus, e em praticamente tudo o que faz irá sentir o peso do Espírito Santo em si, e o Espírito irá assim dar discernimento ao cristão sobre o que é certo ou errado à luz da palavra de Deus.

 

Claro que existe uma luta entre a velha natureza que ainda não morreu (a carne) e o Espírito que agora habita no crente, e assim, o crente aqui e ali vai cair nos velhos erros do passado. A diferença, é que depois de um determinado pecado ter sido consumado, este irá sentir um peso na consciência.

 

Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado.
Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.
E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa.
De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.
Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.
Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.
Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.
Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.
Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;
Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.
Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?
Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.

Romanos 7:14-25

 

O apóstolo Paulo considerava-se um miserável, e ao mesmo tempo dava graças a Jesus Cristo nosso Senhor!

 

Na verdade, um novo nascimento implica ter a noção do quanto Deus é santo, justo e recto. Portanto, se só em pensamento nós pecamos, como nos poderemos dirigir a este Deus? O mais coerente é termos sempre a noção de que somos mais pecadores do que se possa imaginar, pois quem nos julga não é o homem comum, mas precisamente um Deus que pela sua natureza nunca poderia sobrepor o seu lado amoroso ao seu lado santo, justo e recto. Como Paulo, temos que nos considerar como os piores dos pecadores!

 

Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.

1 Timóteo 1:15

 

Ou seja, a atitude de um crente nunca será do tipo: "o meu pecado nem é assim tão grave".

 

Assim, o crente irá querer sempre resistir às tentações.

 

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.

Tiago 4:7

 

Mas, caindo em pecado, este se entristecerá, e voltará a querer sentir a alegria da salvação.

 

Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.
Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado.
Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.
Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.
Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.
Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria.
Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.
Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste.
Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades.
Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.
Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.
Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.

Salmos 51:1-12

 

No fundo, o crente tomará consciência que fundamentalmente, pecou contra Deus - como diz o salmista.

 

Ora, dentro desta luta interior, num mundo que lhe oferece tantas tentações, o crente o que mais deseja é conhecer a Cristo e habitar com ele, embora, tenha o ânimo de estar aqui ao serviço de Deus.

 

Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.
Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.
Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.

Filipenses 1:21-24

 

E na verdade, o verdadeiro cristão nas adversidades que este mundo impõe, ele não desanimará, mas reforçará a sua esperança e a sua fé, porque só a ele se pode apegar.

 

Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;
Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.
E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência,
E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.
E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Romanos 5:1-5

 

No fundo, "nascer de novo", é começar a encarar o mundo e a vida com uma perspectiva completamente diferente...

 

Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo,
Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas.
Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,
Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas.

Filipenses 3:18-21

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.