Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Antes santificai a Cristo, como Senhor, nos vossos corações; e estai sempre preparados para responder, com mansidão e temor, a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós. 1 Pedro 3:15


Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo.
E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.
E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então nem uma hora pudeste velar comigo?
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.
E, voltando, achou-os outra vez adormecidos; porque os seus olhos estavam pesados.
E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.

Mateus 26:38-44

passion-jesus-in-gethsemane.jpg

Neste dia 31 de Outubro, em que se comemoram os 500 anos da reforma protestante, prefiro destacar a oração do nosso Senhor Jesus Cristo na noite em que este foi entregue às autoridades para ser crucificado no dia seguinte.

 

O que seria de nós se o Pai tivesse voltado atrás? Claro que isso nunca aconteceria, mas, Jesus, ao assumir a nossa humanidade, veio ao de cima todo o seu medo, e, de certa forma, ensina-nos a orar.

 

Nós que tantas vezes nem sabemos orar, estando ocupados com as coisas do mundo, devíamos todos reflectir sobre aquela oração. Nisso, peço desculpa a Deus.

 

Todavia, como João Calvino foi o grande "cérebro" da reforma, deixo aqui em PDF, para download, um artigo que aborda a oração de Jesus no Getsêmani:

 

A Oração e Prisão de Jesus no Getsêmani

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.